Mostrar Mensagens

Esta secção permite-lhe ver todas as mensagens colocadas por este membro. De realçar que apenas pode ver as mensagens colocadas em zonas em que você tem acesso.


Tópicos - BGONGAS

Páginas: [1]
1
Apresentação dos membros / Novo Membro
« em: 21 de Julho de 2004, 05:57 »
Boa Noite.
Após um vasto e tortuoso caminho, lá me consegui registar (não pela detalhada explicação publicada no fórum, mas porque sou um azelha nestas coisas)
Chamo-me Bruno e sou de Lisboa e sinceramente, é a primeira vez que me estou a registar num Fórum (tinha medo que os meus dados fossem usados incorrectamente ou que isto fosse pelos ares...eu sei lá!)
Mas de facto este Fórum é diferente! É sério, e gira em torno de um assunto realmente interessante, coisa que vai sendo cada vez mais rara.
Não tenho nenhum JA, mas em breve penso vir a ter um (ando em negociação) e oportunamente e no sítio correcto colocarei novidades sobre a minha futura aquisição, bem como irei pedir ajuda a esta família, porque eu pensava que percebia alguma coisita de JA, mas quando comecei a frequentar este Fórum, cheguei à triste conclusão de que não percebo é nada.
Fica assim feita a minha apresentação, que, desculpem lá, é um bocadito grande.
Um abraço a toda a família


2
Área Técnica / Opinião-Bancada de Trabalho
« em: 15 de Março de 2006, 05:04 »
Meus caros,
estou a pensar fazer/comprar uma bancada de trabalho para a minha garagem. As dimensões da bancada rondarão os dois metros de largura, por 75 cm de profundidade (leia-se, do utilizador até à parede).
Aqui há alguns meses, vi uma bancada no "Mundo das Ferramentas", na Rua da Boavista em Lisboa, que era de facto de "encher o olho". Construída em aço, regulável em altura, com tampo em madeira, pés em borracha, mas o preço... 450,00 Eur., está definitivamente, fora dos meus planos. Assim pensei, porque não fazer? Em tempos idos, fiz uma para o meu pai, com perfis em "L", (chamados antigamente "HANDI")chumbados na parede, com tampo em aço e com um torno. O meu receio é que o trabalho na bancada, transmita vibrações para a parede e que com o tempo, esta acabe por se descravar mas julgo que isso também tem solução, colocando um perfil no chão em que o contacto se faça com um pé de borracha, para absorver a vibração.
Obviamente que já perceberam que quero gastar o menos possível, pelo que, muito agradeço as vossas ideias, sobretudo, as daqueles que estão a desenvolver projectos neste momento e que, em princípio terão uma bancada de trabalho.
Obrigado mais uma vez


Páginas: [1]