Autor Tópico: TOYOTA - Noticias institucionais  (Lida 9802 vezes)

Offline Kaizen

  • Yume no Chikara
  • Administrador
  • Classificados
  • *****
  • Mensagens: 16330
  • Liked: 1
    • Ver Perfil
    • AJA
TOYOTA - Noticias institucionais
« em: 05 de Outubro de 2008, 16:53 »
http://editorial.autos.msn.com/article.aspx?cp-documentid=435214&topart=luxury

Lexus continues streak; long-term vehicle quality improves overall.
By Perry Stern of MSN autos

 The premium brand of Toyota, Lexus once again topped the 2008 J.D. Power and Associates Vehicle Dependability Study.
For the 14th consecutive year, Lexus is at the top of the J.D. Power and Associates Vehicle Dependability Study (VDS). The VDS measures problem symptoms experienced by original owners of three-year-old vehicles (2005 models). The vehicles are scored based on the number of problems per 100 vehicles (PP100).



The 2008 study shows that Lexus vehicles were reported to have just 120 PP100 — an improvement of 25 problems since the 2007 study was released. The study also found that long-term vehicle quality has improved by five percent industry-wide in 2008 (an overall decrease of 10 PP100) compared to 2007.

According to J.D. Power, customers reported experiencing 75 percent more problems in the third year of ownership than during the first 90 days. Models that showed the largest increase in problems logically showed the most noticeable declines in satisfaction.



“Understanding and minimizing quality deterioration is critical for manufacturers, as it is a key driver of owner satisfaction and word of mouth recommendations,” said David Sargent, vice president of automotive research at J.D. Power and Associates. “It is imperative that manufacturers design models that not only achieve high levels of initial quality but also attain high levels of longer-term dependability. Vehicle models that stand the test of time will help automaker profitability through superior owner satisfaction and recommendation rates.”



Surprisingly, five of the top 10 complaints in this study matched those frequently reported in the 2005 Initial Quality Study, indicating that car companies still haven’t figured out how to fix these issues. The five items were: excessive wind noise; noisy brakes; vehicle pulling to the left or right, issues with the instrument panel/dashboard; and excessive window fogging.


“Although automakers have achieved tremendous gains in initial quality and dependability in recent years by specifically addressing customer concerns, these particular problems still prove challenging for manufacturers,” said Sargent.

Among manufacturers, Mercury, Cadillac, Toyota and Acura trailed Lexus in second through fifth places, respectively. Land Rover continues to sit at the bottom of the list with a reported 344 PP100. Saab remains below industry average, but with 65 fewer problems since 2007, the brand showed the most improvement of all manufacturers.



In addition to Lexus topping the manufacturer list, the brand led six vehicle segments — more than any other marque. The winners included the ES 330, GX 470, IS 300, LS 430, LX 470 and SC 430.

Toyota owned five segment awards for the Highlander, Prius, RAV4, Sequoia, and Tundra, while Ford and Honda each captured two awards.


The 2008 Vehicle Dependability Study is based on responses from more than 52,000 original owners of 2005 model year vehicles. The study took place from January through April 2008.



Top Vehicles By Segment


Compact Car

Toyota Prius

Compact Sporty Car

Mazda Miata

Midsize Sporty Car

Chevrolet Monte Carlo

Midsize Car

Buick Century*

Large Car

Ford Crown Victoria*

Compact Premium Sporty Car

Honda S2000

Entry Premium Car

Lexus IS 300

Midsize Premium Car

Lexus ES 330

Large Premium Car

Lexus LS 430*

Premium Sporty Car

Lexus SC 430

Compact Multi-Activity Vehicle

Honda Element (tie)

Toyota RAV4 (tie)

Midsize Multi-Activity Vehicle

Toyota Highlander

Large Multi-Activity Vehicle

Toyota Sequoia

Large Pickup

Toyota Tundra

Midsize Pickup

Ford Ranger

Van

Mercury Monterey

Midsize Premium Multi-Activity Vehicle

Lexus GX 470*

Large Premium Multi-Activity Vehicle

Lexus LX 470 - Toyota Land Cruiser 100 e 200 em Portugal

« Última modificação: 17 de Setembro de 2014, 15:13 por Kaizen »
Rui Coelho
Associado AJA Nº1

Offline Toylex

  • Nivel 4
  • Classificados
  • *
  • Mensagens: 3340
  • Liked: 0
  • 1972 Daihatsu L38V
    • Ver Perfil
Re: Lexus - 14 anos consecutivos no topo da qualidade - JD Power & Associates
« Responder #1 em: 05 de Outubro de 2008, 22:03 »
Por este andar a Mercedes vai ter de esperar mais uns anitos p/ ultrapassar a Lexus

Eu já à algum tempo atras vi uma entrevista ao presidente da Mercedes, e ele a determinada altura afirmou:

Estamos a trabalhar para que dentro de 8 a 10 anos possamos ultrapassar a Lexus em satisfação e qualidade.
José Manuel Santos - Sócio AJA nº51

Offline Kaizen

  • Yume no Chikara
  • Administrador
  • Classificados
  • *****
  • Mensagens: 16330
  • Liked: 1
    • Ver Perfil
    • AJA
Fábrica da Toyota em Ovar recebe galardão mundial pela eficiência ambiental
« Responder #2 em: 02 de Julho de 2009, 23:40 »
Fábrica portuguesa recebe galardão mundial da Toyota pela eficiência ambiental


   A fábrica da Toyota Caetano Portugal, que produz os modelos comerciais Dyna e Hiace e o mini-autocarro Optimo, situada em Ovar, foi distinguida pela Toyota Motor Corporation com o prémio Global Eco Award.

   Este galardão internacional destina-se a toda a rede de fábricas da Toyota, num total que ascende a 75 unidades de produção espalhadas por todo o mundo, e premeia os melhores Kaizen (melhorias) ambientais.
   Na terceira edição deste prémio anual, a Fábrica de Ovar alcançou o reconhecimento da Toyota Motor Corporation, recebendo o Global Eco Award pela eficiência ambiental alcançada com a implementação do projecto “Fábrica
Sustentável Zero Resíduos”.

   Este projecto consistiu num plano de intervenção em várias áreas com o objectivo de prevenir e reduzir a poluição e resíduos, nomeadamente através da reutilização da água residual tratada, do estudo das lamas da ETAR físicoquímica para incorporação em material cerâmico e também da implementação de compostagem orgânica, com aproveitamento das lamas da ETAR biológica.

   Em acréscimo foi desenvolvido um estudo de bioreactor para tratamento de compostos orgânicos voláteis e a condução e implementação de um projecto PreResi – Prevenção de resíduos industriais e outro de abrangência em Ecoeficiência energética (Greenlight, Motorchallange, Energias renováveis).

   A este conjunto de acções levadas a cabo pela Fábrica de Ovar, a Toyota Motor Corporation teve em consideração ainda as diversas eco-actividades desenvolvidas no campo da responsabilidade social desenvolvidas ao longo de
2008.
   Com o projecto “Fábrica Sustentável Zero Resíduos”, a Fábrica de Ovar conseguiu reduzir significativamente as emissões de CO2 e melhorou a conservação dos recursos naturais, reduzindo o impacto ambiental e consequentemente a pegada ecológica. Em sintonia com a redução das emissões esteve associado a redução de custos e a melhoria da eco-eficiência de alguns processos tendo sido factor preponderante para vir a merecer o
 alardão Gobal Eco Award.
Rui Coelho
Associado AJA Nº1

Offline Kaizen

  • Yume no Chikara
  • Administrador
  • Classificados
  • *****
  • Mensagens: 16330
  • Liked: 1
    • Ver Perfil
    • AJA
Prioridade Ambiental Toyota

   O Eco Global Award é um exemplo da política de preocupação ambiente que a
Toyota adopta e que está presente ao longo de todas as operações e cadeia de
valor, surgindo como uma prioridade desde o planeamento e produção aos
produtos e satisfação dos clientes. O pilar ambiental compõe o ADN da marca e
é manifestado de diversas formas.

   De salientar que a Toyota dedica anualmente o mês de Junho ao Ambiente, durante o qual todas as representadas implementam diversas acções, para públicos internos e externos.
No nosso país, a Toyota Caetano Portugal desenvolveu campanhas de sensibilização, palestras publicas, mostras de tecnologia, visitas a instalações ambientais da Fábrica de Ovar (Horta biológica, ETAR) e a realização de
exposições sobre a Barrinha de Esmoriz, entre muitas outras acções, das quais se destaca a actual campanha “Mês Ambiente Toyota” com um desconto de 3840€ no preço de uma viatura amiga do ambiente, o Toyota Prius.
Rui Coelho
Associado AJA Nº1

Offline Kaizen

  • Yume no Chikara
  • Administrador
  • Classificados
  • *****
  • Mensagens: 16330
  • Liked: 1
    • Ver Perfil
    • AJA
Se as intenções forem assim tão "puras", e mantiverem este desconto no Prius novo... "i´m in"  :angel:  :shhh:
Rui Coelho
Associado AJA Nº1

Offline nunoturbo

  • Classificados
  • *
  • Mensagens: 9007
  • Liked: 0
    • Ver Perfil

Toyota Caetano afasta cenário de extinção de linhas de produção em Portugal
A Toyota Caetano afasta o cenário de extinção de linhas de produção em Portugal, disse hoje à Lusa fonte da empresa face à notícia da suspensão de produção numa fábrica no Japão


A empresa automóvel japonesa confirmou hoje que vai suspender a produção numa de duas linhas na fábrica em Aichi - com capacidade de fabricar 220 mil viaturas por ano - a partir da Primavera de 2010 até ao segundo semestre de 2011.

Fonte oficial da Toyota Caetano Portugal disse hoje à agência Lusa que o «cenário de suspensão de produção, no sentido de extinguir a linha de produção, está afastado» em Portugal.

A mesma fonte disse que desde o início do ano foram feitos reajustes na quantidade de produção em Portugal e em toda a Europa, explicando que se passa agora o mesmo no Japão.

A Toyota Caetano Portugal aderiu em Março ao plano de apoio ao sector automóvel (PASA), criado pelo governo, aproveitando os dias de paragem de produção para acções de formação aos trabalhadores.

A empresa tem também previsto e está a aplicar um «plano de produção escalado para a realidade actual».

«Hoje, embora ainda não numa situação óptima, estamos numa situação estável e controlada», adiantou.

A Toyota Caetano Portugal produz três modelos comerciais, Toyota Hiace e Dyna e os mini-autocarros Optimo, estes dois últimos também para exportação.

No primeiro semestre deste anos, a empresa «sofreu uma variação [negativa] de cerca de 66 por cento face ao mesmo período de 2008, tendo para isso contribuído em especial a quebra de encomendas dos mercados de exportação da Dyna, que caiu cerca de 88 por cento face ao mesmo período do ano anterior», segundo informação da empresa.

Em todo o ano de 2008 foram produzidos 5248 automóveis do modelo Dyna, 573 da Hiace e 132 do Optimo, enquanto no primeiro semestre deste ano foram fabricados 866 viaturas do Dyna, 136 do Hiace e 46 do Optimo.

Lusa / SOL

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=146192
Membro do AJA desde 2003
Sócio Fundador n.º3

Offline Kaizen

  • Yume no Chikara
  • Administrador
  • Classificados
  • *****
  • Mensagens: 16330
  • Liked: 1
    • Ver Perfil
    • AJA
   Aproveitando esta baixa da produção em virtude das encomendas, era a altura ideal para introduzir novidades aos 3 modelos para os tornar mais competitivos.

   Pelo número de unidades produzidas, se calhar não faz mais sentido montar a Hiace em Portugal e se calhar aproveitava-se essa linha para aumentar a produção da Dyna e Optimo e montar versões especificas destes modelos (que até partilham as mecânicas), penso eu de que.

  Digo isto como... se algum lá tivesse estado ou tivesse estudado o assunto!  :green:
Rui Coelho
Associado AJA Nº1

Offline Toylex

  • Nivel 4
  • Classificados
  • *
  • Mensagens: 3340
  • Liked: 0
  • 1972 Daihatsu L38V
    • Ver Perfil
O modelo Hiace actual está em produção e comercialização à mais de 13 anos,   :wall nunca um modelo Hiace comercializado na Europa esteve tanto tempo em produção. O pior é que isto não se deve às boas prestações do modelo, mas do meu ponto de vista a Toyota não apresenta alternativa ao modelo actual para o mercado Europeu.

A Europa está a consumir o conceito (Ford Transit) e com sabemos a Hiace por todo o mundo segue o estilo anterior tipo pão de forma e na Europa esse seguemento já não é tão bem aceite. A manter o estilo actual em 2010 provávelmente produzirá umas 400 Hiaces no ano todo, mas desenganem-se os que acham que o modelo substituinte seja produzido em Ovar, e até as Dyna´s irão estar em risco, isto com largos prejuízos p/ o n/ País, isto é o meu ponto de vista, mas haveria de estar enganado, para bem de todos nós e do país.
José Manuel Santos - Sócio AJA nº51

Offline Tractortp

  • Nivel 3
  • Classificados
  • *
  • Mensagens: 1060
  • Liked: 0
    • Ver Perfil
Podiam é aproveitar a linha de produção para montagem e entrada no mercado nacional dos novos Land Cruisers J7.

É um nicho de mercado monopolizado pela Land Rover e que a Salvador Caetano está a disperdiçar, há mercado para eles.....


Offline Corolla TE71

  • Nivel 4
  • Classificados
  • *
  • Mensagens: 1204
  • Liked: 0
  • RWD corollas
    • Ver Perfil
 
Podiam é aproveitar a linha de produção para montagem e entrada no mercado nacional dos novos Land Cruisers J7.

É um nicho de mercado monopolizado pela Land Rover e que a Salvador Caetano está a disperdiçar, há mercado para eles.....



  Era só terem aproveitado quando fabricaram os do exército e produziam mais alguns paravenda ao público!!
sócio AJA 33

Offline nunoturbo

  • Classificados
  • *
  • Mensagens: 9007
  • Liked: 0
    • Ver Perfil
Toyota abandona F1
« Responder #10 em: 04 de Novembro de 2009, 10:04 »
 Toyota abandona F1

Económico com Lusa 
04/11/09 10:55

A Toyota começou a participar na Fórmula 1 em 2002.


A crise fez mais uma baixa na Fórmula 1. A Toyota anunciou que se vai retirar imediatamente da competição para reduzir custos.

A construtora automóvel japonesa confirmou em comunicado as notícias publicadas hoje pelo jornal japonês Mainichi, que dão a Toyota como mais uma marca que decide abandonar a alta competição automóvel.

A Honda tomou a decisão de deixar a Fórmula 1 em Dezembro, alegando também razões económicas, tal como a Suzuki e a Subaru, que abandonaram o Mundial de Ralis.

Ontem foi a vez do fabricante japonês de pneus Bridgestone anunciar que vai deixar de ser o fornecedor do campeonato do Mundo de Fórmula 1 a partir de 2010, também devido à situação económica.

A Toyota começou a participar na Fórmula 1 em 2002 e os planos eram de continuar até 2012, mas "a grave situação económica actual" levou a empresa a precipitar a saída do campeonato, cuja temporada terminou no último fim-de-semana.

http://economico.sapo.pt/noticias/toyota-abandona-f1_73575.html
Membro do AJA desde 2003
Sócio Fundador n.º3

Offline Kaizen

  • Yume no Chikara
  • Administrador
  • Classificados
  • *****
  • Mensagens: 16330
  • Liked: 1
    • Ver Perfil
    • AJA
Re: Toyota abandona F1
« Responder #11 em: 04 de Novembro de 2009, 13:27 »
 :clap:

Não andavam lá a fazer nada, já devia era ter sido há mais tempo.

Le Mans e WRC é que é  :angel:
Rui Coelho
Associado AJA Nº1

Offline ruizito

  • Nivel 3
  • Classificados
  • *
  • Mensagens: 583
  • Liked: 0
    • Ver Perfil
Re: Toyota abandona F1
« Responder #12 em: 04 de Novembro de 2009, 19:03 »
Concordo um pouco com o Rui... Nessas duas categorias é que era...  :D


Offline Santos Silva

  • Administrador
  • Classificados
  • *****
  • Mensagens: 8280
  • Liked: 1
  • スターレット Power!
    • Ver Perfil
Re: Toyota abandona F1
« Responder #13 em: 04 de Novembro de 2009, 23:52 »
A estadia da Toyota na F1 estava prevista como em tudo que a Empresa faz: planificada com tempo de inicio e tempo de fim; com prazo definido para conseguir alcançar bons resultados. Se analisarmos as prestações da marca ao longo dos anos, podemos ver que estava finalmente a fazer resultados que se vissem sem no entanto serem espetaculares. Estou em creer que se mantivesse a decisão de ir até 2012 alcançaria uma dimensão bem diferente.

De qq forma para mim sempre foi mais excitante o WRC
Santos Silva
Sócio Fundador nº7

Offline metralha328

  • Nivel 3
  • Classificados
  • *
  • Mensagens: 2519
  • Liked: 1
  • KE20 está de volta!
    • Ver Perfil
Re: Toyota abandona F1
« Responder #14 em: 20 de Novembro de 2009, 11:24 »
Já o ditado dizia que "sem ovos não há omoletes!"
Anseio pelo regresso ao WRC.
 :thumbsup